8 de abril de 2011

LOL (Não consigo arranjar outro título para este post)

«A arbitragem de Duarte Gomes no clássico Benfica-FC Porto, da 25.ª jornada da Liga, valeu-lhe a nota de "muito bom", segundo o relatório de observação da comissão de arbitragem a que a Agência Lusa teve acesso.

O árbitro Duarte Gomes foi, com a nota 4.0, o melhor classificado da equipa de arbitragem escalonada para o jogo, que deu, no passado domingo, o título ao FC Porto, tendo os assistentes Tiago Trigo e Pedro Garcia recebido a nota 3.5, ou seja "bom", enquanto Paulo Batista, quarto árbitro do encontro, ficou-se por um "satisfatório" 3.3.

Segundo o relatório de observação, "o árbitro teve um desempenho muito bom, com duas decisões cruciais de índole técnica, que tiveram influência positiva na evolução do jogo e no resultado".

Para o observador do jogo, Duarte Gomes "assinalou bem as duas grandes penalidades", numa partida caraterizada "pelas muitas dificuldades com que a equipa de arbitragem foi confrontada nas diversas vertentes. No âmbito disciplinar também as dificuldades foram acrescidas face ao comportamento dos jogadores e que se vieram a traduzir em 11 cartões amarelos e dois vermelhos".

Segundo o observador do Benfica-FC Porto, o árbitro Duarte Gomes apenas não esteve bem ao interromper um lance de contra-ataque conduzido por Saviola, jogador que na sua opinião foi derrubado pelo "portista" Otamendi.

"O árbitro interrompeu a jogada indevidamente, para assinalar a falta e avisar verbalmente o jogador infrator, contrariando assim o espírito da lei da vantagem", pode ler-se.

Assim, o observador Fernando Mateus entende que Otamendi "entrou de forma imprudente sobre o adversário, pelo que deveria ter sido advertido, através da exibição do cartão amarelo, o que não aconteceu".

Na análise do observador do "clássico", Duarte Gomes "demonstrou uma personalidade forte, assumindo decisões difíceis sem se deixar influenciar pelo ambiente."»

Notícia retirada do site record.xl.pt

Isto é simplesmente inacreditável. Acho que quem se deixou influenciar pelo ambiente foi este tal de Fernando Mateus...

Nota: O erro mencionado na imagem é referente a um Estrela da Amadora - Benfica para a Taça da Liga. Portanto não parece ser novidade este árbitro ter influência positiva na evolução do jogo e no resultado desta equipa em concreto.

4 de abril de 2011

Campeões!


E à primeira tentativa, no primeiro match point, o FC Porto sagrou-se campeão de Portugal. Pela 25ª vez na sua história! Num jogo em que o Benfica queria defender a sua honra o FC Porto soube vencer com classe.

Este jogo serve como exemplo do que se passou esta época: O FC Porto tentou sempre ter a bola sem tirar os olhos da baliza do adversário. Apesar do Benfica ter beneficiado de algumas oportunidades de golo, a equipa Azul-e-Branca nunca perdeu o controlo do jogo chegando mesmo a ter perdidas escandalosas na cara do guarda-redes.

Duarte Gomes fez uma arbitragem vergonhosa. Não tendo culpa no lance do alegado penaltie sobre Jara, pois foi mal auxiliado pelo fiscal-de-linha, teve culpa em muitos lances em que perdoou vários cartões a jogadores, principalmente do Benfica. O Benfica fez um jogo muito faltoso e Duarte Gomes nada fez para o travar, conseguindo a proeza de expulsar Otamendi com dois amarelos extremamente forçados. Um jogo um pouco à imagem da Supertaça.

Hulk voltou a marcar e reforçou o estatuto de melhor marcador da Liga, enquanto Guarín continua a marcar e a mostrar o seu grande momento de forma. O colombiano joga, e faz jogar, como raramente tinha feito desde que chegou ao Dragão. A continuar assim tem de ser titular, não há outra hipótese.

O André dos Power Points, como carinhosamente lhe chamam alguns adeptos afectos a outros clubes que não o FC Porto, voltou a levar a melhor sobre o Mestre da Táctica. Apesar do próprio Jorge Jesus ter tentado desvalorizar o trabalho de Villas-Boas, ao dizer que usava o mesmo modelo de jogo de Jesualdo Ferreira, pouco ou nada fez para anular esse modelo de jogo acabando por sair derrotado pela terceira vez em quatro possíveis só esta época.

Por último uma palavrinha à direcção do Benfica: não podem continuar a alegar que são um clube diferente e ter atitudes como as de ontem. Aliás, só um iluminado é que pensaria que só por desligar as luzes e ligar o sistema de rega que a festa acabaria. Já ouvi aqui e ali que se fosse ao contrário o FC porto teria feito o mesmo. Quanto a isso não posso dizer nada, não sei ler as estrelas. Se voltarem a ter essa oportunidade ganhem o jogo e logo se verá.

Campeões!