3 de maio de 2012

Boas notícias

Na edição de hoje d'A Bola pode ler-se, logo na capa, a frase «FC Porto? Quem chega ao topo não quer andar para trás!».

Isso é mais do que óbvio, por isso é que eu nunca entendi o alegado interesse de Pinto da Costa em contratar Jorge Jesus. Uma equipa que venceu recentemente a Liga Europa com André Villas-Boas ao comando, ou uns anos mais atrás venceu a Taça UEFA e a Liga dos Campeões com José Mourinho, tem de aspirar a melhor que um analfabeto para treinador. Nisso estou de acordo com o treinador do Benfica, seria andar para trás demitir o actual campeão nacional para contratar o possível segundo classificado da liga.

Na capa também pode ler-se que o próprio Jorge Jesus se sente frustrado. Eu também me sentiria frustrado se um erro meu provocasse a festa do maior rival. A entrada de Saviola para o lugar de Matic durante o intervalo do último Rio Ave-Benfica é um exemplo do que o treinador encarnado é capaz de fazer. Ou seja, com a sua equipa a vencer por 1-2 deu ao Rio Ave a possibilidade de empatar o jogo ao desequilibrar o meio-campo tirando o médio mais defensivo para lançar outro avançado. Como se pode ler no cantinho da capa «Jesus pôs a equipa a jogar para a frente», diz a menina Pinhão.

Espero que isto seja um sinal claro que nunca terei de ver esta personagem como treinador do meu clube. Prefiro alguém que saiba o que anda a fazer. E que saiba ler, se não for pedir demais.

1 de maio de 2012

O futuro próximo é negro, muito negro

Confesso que resisti ao máximo a transcrever o texto que podem encontrar mais abaixo. O texto foi retirado daqui, embora, como podem ver na explicação prévia do mesmo, não seja escrito por nenhum dos autores do blog em questão.
Carta aberta, pelo Benfiquista de 2025

O Shoky é um gajo genial. Começou por espalhar magia na blogosfera em 2006 e assim foi, regularmente, até 2009. Depois fartou-se e foi pregar para outra freguesia. Cansou-se do estilo dos blogs e cansou-se dos patéticos apoios a Vieira. Nos 3 anos que esteve regularmente no Eterno Benfica, escreveu muitos e bons posts, que me fizeram querer vir para aqui escrever e que me serviram de inspiração. Foi, a par do Sir e do Galaad, dois outros membros desta casa que andam semi-desaparecidos, uma inspiração. Hoje, o Shoky deixou este texto escrito num fórum. Aproveitem e pensem.

«Caro amigo sofredor, escrevo-te esta carta para te avisar.
Achas que as coisas estão más e jamais esta situação poderá piorar. O mundo está negro e não há esperança no futuro.
Não podias estar mais...certo. E errado, ao mesmo tempo.
Certo porque realmente a coisa estava negra. Errado porque tudo podia piorar. Podia e piorou.

“Como?” - perguntas tu...que se passou nestes 13 anos?
Estamos em 2025 e todos éramos capazes de dar uma perna para mudar o rumo dos acontecimentos nefastos que nos colocaram onde estamos agora.
Ganhámos campeonatos? Sim. 2.
2 míseros campeonatos. O Porto somou 9, o Braga 1 e o Sporting 1.
Portanto, se tu achas que estás mal...imagina eu. Sou tu daqui a 13 anos. Com mais cicatrizes, marcas no peito e arrependimentos.

Tudo começou onde tu te encontras.
A desculpa da arbitragem era fácil. E ficámos por aí. O treinador era sempre um burro...e a direcção passava entre os pingos de chuva. Chegaram as eleições e o Vieira deu mais uma banhada nos "abutres e profetas da desgraça". Meia dúzia de patacoadas contra os árbitros, acusações trocadas com o Jesus (tricampeão pelo Porto anos depois) e 2 ou 3 nomes sonantes bastaram. 80%.

Continuámos a apoiar os corruptos que lideravam o nosso futebol. Continuámos a perder. O Porto continuou a ganhar. Fortaleceu-se e foi inclusive a uma final da Liga dos Campeões. Graças a Deus apanhou um Real Madrid fortíssimo na final e perdeu 1-0. Por pouco não nos passavam em títulos europeus.
O Benfica ganhou 2 títulos. Um com uma grande equipa, mas à rasquinha. Outro num ano atípico de todo em que o Porto vacilou de início e tínhamos um grande treinador. Títulos espaçados no tempo e sem sequência de vitórias.

O senhor presidente foi corrido 7 ou 8 anos depois donde tu estás, mas os estragos já estavam feitos. Ele é agora conhecido como “O Tirano dos Pneus”. Hoje em dia ninguém assume que votou nele. Pelo contrário. Foi expulso de sócio e tudo.
Uma crise gravíssima, foi o seu legado. Isto com negócios duvidosos como capa dum trabalho miserável e lesivo para com o Sport Lisboa e Benfica.
Um clube apático e derrotado, com gente com vontade mas sem capacidade foi o que ficou. Quem o seguiu teve muita ambição... mas pouco engenho para melhorar a situação. A crise financeira não deu para muito mais também.

Em relação às boas noticias...o velho bateu a bota em 2022. Overdose de viagra. Foi um festão nacional. Cantou-se no minuto de silêncio no Estádio da Luz e tudo.
O Porto entrou em convulsão interna e perdeu o campeonato.

E pronto. É tudo de boas notícias.
Foi o Braga a ganhar esse campeonato, ultrapassando-nos a 2 jornadas do fim, com uma vitória em Alvalade, enquanto nós empatávamos em casa contra o Nacional, a 0. Fomos muito roubados. Sim, isso continua. Mas quem nos lidera apesar de barafustar muito, não tem poder de mudar seja o que for. Foram muitos anos a apoiar corruptos.
O Porto acordou no ano seguinte e é, neste momento, bicampeão nacional. O primeiro foi disputado até ao fim com o Braga, que perdeu por uma distância de 10 pontos para eles. Conquista épica. O renascimento andrade. Mesmo a tempo de nos mandar a bomba. Passarem-nos em Campeonatos Nacionais.
E neste último, à 10ª jornada, já eram campeões. Nós ficamos em 4º lugar.
A convulsão interna foi grande mas durou pouco. Nós não aproveitámos e deixámo-los renascer. Perder o título para o Braga foi uma machadada funda.
O velho é agora o mártir da nova vaga de andrades. Em morto é tão poderoso como em velho. E foi para ele que foi o 35º título... nós temos 34. Todos limpos...mas somos o 2º. Estamos atrás e sabemo-lo.
E não vemos como mudar a situação. O Benfica foi enterrado e nós ajudámos.

Se ao menos pudéssemos voltar atrás.
Teríamos feito tudo de forma tão diferente.
Tu ainda podes mudar tudo.

Tu ainda podes...»
Como podem ver o futuro para nós, os portistas, não será risonho. Apesar de conter algumas boas notícias, se esta visão se realizar (mais parece uma profecia, tais os detalhes que o autor apresenta) significa que teremos de esperar até 2025 para que o FC Porto seja o clube português com mais campeonatos ganhos. Durante esse período teremos de ver o Benfica ser campeão por duas vezes, o Sp.Braga por uma e até o Sporting será campeão por uma vez! Parece que vamos mesmo ter de aguentar com o Jorge Jesus, com o qual festejaremos três vezes a vitória no campeonato. Apesar de o campeonato de 2024/2025 ser conquistado por nós à 10ª jornada, numa das épocas entre 2012/2013 e 2024/2025 iremos passar pelo supremo sofrimento de perder uma final da Liga dos Campeões.

Espero que os portistas se saibam unir e ultrapassar os anos difíceis que estão para vir. Pode ser que de 2025 em diante tudo seja melhor.

30 de abril de 2012